CineFashion

ALOJA em casa

5 de dezembro de 2012 Eventos Nenhum Comentário
ALOJA em casa

A estilista carioca Layana Thomaz, que, por quatro anos apresentou suas coleções nas passarelas do Fashion Rio, vem percorrendo o Brasil com seu projeto ALOJA, uma loja itinerante que pretende alojar-se, colocar-se, hospedar-se, em diversas cidades do Brasil. Totalmente focada no varejo e no cliente final.

ALOJA inspira-se nas diferentes e mais criativas maneiras de se apresentar e vender um produto, buscando a facilidade, a praticidade, a conveniência e o conforto do cliente, a exemplo do comércio ambulante. Não criar raízes apenas em um local, mas conseguir levar sua arte a qualquer lugar onde se pretende chegar com ela.

Em cada cidade, ALOJA vai ser montada em um lugar diferente e receberá a ambientação de um artista plástico e uma atração musical local, transformando cada loja num espaço de entretenimento cultural e artístico único.

Numa parceria com o Projeto Grael, materiais reciclados, como velas de barco e paraquedas usados, também serão utilizados na confecção de roupas e acessórios. Parte da verba adquirida com a venda dos produtos será revertida para a instituição criada pelos medalhistas olímpicos Torben e Lars Grael, que utiliza o esporte como ferramenta de inclusão social.

AGORA É A VEZ DE BRASÍLIA

Pela segunda vez Brasília recebe o projeto ALOJA, que com o grande sucesso da edição de setembro, fez com que a estilista Layana Thomaz e sua amiga e mais uma vez anfitriã da ALOJA, Maíra Gadelha, resolvessem repetir a dose nesse final de ano.

Todos as peças, que a estilista cria neste projeto, são exclusivos e com edição limitada, com isso passam a ter caráter raro e viram “peças para colecionar”.

Como sempre promete apresentar muitas novidades, em cada edição do projeto ALOJA, Layana, desta vez, traz junto com ela o talentoso desiner de jóias, João Paulo Camargo, que, desde 2002, desenvolve lindas coleções de jóias exclusivas, destacando as delicadas pérolas negras do Tahiti, cortejadas por sedas, couros e nobres metais preciosos.

Quem é  Layana Thomaz

Aos 35 anos, ela já é dona de uma longa trajetória. Aos 12 anos, iniciou sua carreira como modelo, fotografando catálogos. Durante a primeira metade da década de 1990, trabalhou com as marcas mais importantes do planeta. Com apenas 1,73 cm, Layana foi escalada para cruzar as passarelas das grifes Prada, Valentino, Dolce & Gabbana, Cacharel e Chanel, para qual estrelou campanhas. “Eu era muito tímida. Fazia o meu trabalho e pronto. Além de estilista hype, ela também atuou como figurinista, chegando a bater cartão no extinto programa global Os Normais. “Eu não sabia que tinha talento para moda, mas eu fazia umas produções bacanas. Nunca fiz um curso de estilismo – me formeiem jornalismo. Só tive aulas particulares de desenho, porque o meu era horrível. Agora sei que nasci para isso”, finaliza.

Quem é João Paulo Camargo

Tudo começou no encontro com as Pérolas do Tahiti em 2002, na Polinésia Francesa onde morou durante quatro anos. J. Paulo Camargo logo se encanta pelas misteriosas gemas do mar. As pérolas cultivadas nas fazendas do Arquipélago dos Tuamotu o faz aproximar- se dos produtores e negociantes altamente conhecedores do assunto, começando assim seu aprendizado in loco.

Desde então inicia a exportação de pérolas para o comércio joalheiro. Fascinado pelas pedras preciosas, dedica-se então ao estudo de gemologia na consagrada Escola ING (Institut National de Gemmologie), em Paris, onde viveu sua infância e adolescência.

Em 2008 inicia uma produção de jóias exclusivas para uma clientela privilegiada. Sua proposta é de apresentar um trabalho de alta qualidade com design diferenciado, destacando desde as delicada pérolas, às preciosas e diversas gemas de cor passando pela perfeição do diamante.

Assim nasce KILAQUA.

 

SERVIÇO:

De 08 de dezembro ( a partir das 12:00 horas) até 09 de dezembro (até às 21:00 horas).
SHIS QI 19 Conjunto 12 Casa 05 – Lago Sul – Brasília-DF

Confira algumas fotos:

 

Gostou desse texto? Compartilhe!

Sobre o Autor

Deixe um comentário